Release

Desde a infância, CARU sempre esteve ligada ao mundo da música. Mesmo formada como Arquiteta e Urbanista decidiu trilhar seu caminho poético e musical. Com bisavô e tios maestros, como Fernando Santos, primeiro professor de percussão da UFBA e um dos responsáveis pela formação da Orquestra Sinfônica da Bahia, cantarolava desde criança com muita propriedade e referência.

Começa a desenhar sua carreira na música aos 22 anos, transformando seus muitos escritos no primeiro EP autoral “a TERRA e o TEMPO” no ano de 2015. Na semana de seu lançamento foi apontado como destaque no Deezer, Spotify e iTunes. Também fora escolhido por voto popular, como um dos 5 melhores discos baianos lançados naquele ano. No intuito de lançar e divulgar seu trabalho, CARU se apresentou nos estados de São Paulo – Teatro Vasquez, Teatro Guiomar Novaes pelo Edital de Ocupação FUNARTE, no Rio de Janeiro – Festival da Primavera, Ganjah, Sofar Sounds, Festival OCluster, Castelinho do Flamengo, entre outros e Ceará – Centro Cultural Dragão do Mar, além de circular por teatros e casas de show na cidade em que gravou seu primeiro trabalho, Salvador, com o projeto musical e conceito visual, já conhecido pelo público, chamado INDIOFUTURISMO. Este show foi ganhador na categoria Destaque Técnico pela Luz Indiofuturística pelo Prêmio Caymmi de Música II Edição Salvador, Bahia.

A produção de CARU nunca estaciona. Está em fase de pesquisa para a montagem de um documentário sobre a vida e obra do seu tio, o professor e maestro Fernando Santos (BA) e gravando novos singles do seu novo trabalho pelas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. O primeiro single  “Umbigo de Vênus” é uma parceria com o eterno tropicalista Capinan e já está disponível em todas as plataformas digitais. Gravada toda no Rio de Janeiro no Estúdio Marini, contou com o arranjo, guitarras e teclados do santo-amarense Paulo Mutti, baixo elétrico de Alberto Continentino, bateria de Cesinha e mixagem do produtor musical Kassin.

Os singles seguintes foram produzidos em São Paulo. O primeiro, “PINTAS”, com produção musical do Adam Esteves, também está disponível nos sites de streaming e tem videoclipe dirigido pela cineasta Julia Anquier e Marina Lima (no canal oficial do YouTube da artista).
“Eu Gostaria” é o último single lançado, produzido pela dupla Diogo Strausz (RJ) e Tó Brandileone (SP). Tó dividiu os vocais com a artista, e a dupla nunca tinha trabalhado em conjunto e escolheu esse trabalho de CARU para essa estréia, que já está espalhada por todas as plataformas digitais.

Fiquem conectados umbilicalmente conosco!

Desenvolvido por Grilo Comunicação - Agência de Publicidade em Salvador